Desabamento de prédio mata ao menos 65 na Índia

Equipes procuram por sobreviventes entre escombros de prédio de Nova Délhi onde moravam 200 pessoas, a maioria migrantes

EFE |

Pelo menos 65 pessoas morreram e outras dezenas ficaram feridas no desabamento de um prédio de quatro andares em Nova Délhi, capital na Índia, informaram as autoridades do país nesta terça-feira. As equipes de resgate ainda procuram sobreviventes e vítimas entre os escombros, realizando as buscas com escavadeiras.

Testemunhas da tragédia disseram ter ouvido gritos de socorro sob os escombros após o desabamento e criticaram a demora da chegada dos serviços de resgate. A chefe do governo de Délhi, Sheila Dikshit, admitiu o atraso, mas o justificou pela dificuldade de acesso dos guindastes ao local.

"As passagens são muito estreitas. Não é fácil chegar ao local", disse Dikshit. Ela atribuiu o desastre a falhas na construção do prédio e disse que o governo vai abrir uma investigação sobre o caso.

Autoridades locais afirmaram que o edifício desabou depois que seu subsolo ficou alagado por vários dias depois das fortes chuvas de monções. O prédio desabou por volta das 20h15 locais de segunda-feira (12h45 de Brasília), no bairro Lalita Park, na região leste de Nova Délhi.

Uma equipe de gestão de desastres formada por 250 pessoas trabalhou durante toda a noite para retirar os escombros, com a ajuda de alguns moradores. Uma delas afirmou que cerca de 200 pessoas, a maioria migrantes de outros estados da Índia, moravam no edifício.

Muitas edificações na Índia não atendem às normas de segurança ou às especificações do zoneamento urbano. Proprietários constroem pisos ou novos cômodos sem a aprovação das autoridades municipais.

Com EFE e Reuters

    Leia tudo sobre: ÍndiaNova Délhidesabamento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG