Desabamento de instituto deixa 900 estudantes soterrados após tremor na China

Pequim, 12 mai (EFE).- Novecentos estudantes na província de Sichuan, no sudoeste da China, ficaram soterrados e foi confirmada a morte de quatro deles, devido ao desabamento de um instituto por causa de um terremoto de 7,8 graus na escala Richter que assolou essa região do país asiático.

EFE |

Segundo a agência oficial "Xinhua", o desabamento aconteceu na cidade de Dujiangyan, a cerca de 50 quilômetros do epicentro do terremoto, registrado em Wenchuan.

Por enquanto, as informações confirmam a morte de nove pessoas: os quatro estudantes citados, outra vítima fatal na cidade de Mianyang (Sichuan), e outras quatro crianças em Chongqing, vizinha a Sichuan, no desabamento de uma escola.

O terremoto, que aconteceu às 14h28 (3h28 de Brasília) é um dos piores sofridos no país asiático em 30 anos, e milhões de pessoas saíram às ruas em cidades de todo o país por causa dos tremores, incluindo em Xangai e Pequim. EFE abc/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG