Desabamento de hotel em Mallorca deixa 4 mortos

(atualiza com número e nacionalidade dos mortos) Palma de Mallorca (Espanha), 16 dez (EFE) - Pelo menos quatro operários morreram hoje na localidade espanhola de Cala Rajada, em Mallorca, nas Ilhas Baleares, no desabamento da estrutura de um hotel que estava sendo reformado. Após os quatro corpos terem sido descobertos, o Governo regional deu por encerrados oficialmente os trabalhos de resgate de vítimas, informaram à Agência Efe fontes do Executivo. Segundo o responsável do dispositivo médico montado no local, Santiago de la Cal, outros quatro trabalhadores que ficaram feridos conseguiram sair dos escombros. O estado de saúde deles não é grave.

EFE |

O prefeito de Capdepera - localidade à qual pertence Cala Rajada -, Bartomeu Alcina, informou que o hotel San Moll, de propriedade da empresa Hotéis Serrano, não tinha licença de obras e tinha recebido a ordem de interromper os trabalhos.

Vários operários disseram à Efe que no momento em que aconteceu o fato, vários companheiros tomavam café fora do edifício, por isso não se sabe o número exato dos que poderiam ter ficado soterrados.

O secretário de Saúde Trabalhista do sindicato Comissões Operárias (CCOO) nas Ilhas Baleares, José López, disse que comprovou pessoalmente que os alicerces estavam "totalmente deteriorados" e que as "medidas de segurança eram ausentes".

Para ele, o imóvel "não podia ser reabilitado a partir de dentro, como estavam fazendo, mas derrubando o prédio e construindo outro", motivo pelo qual, acrescentou, o CCOO pedirá à Promotoria que "abra a investigação pertinente" do fato. EFE rgm/an/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG