Desabamento de escola turca mata pelo menos 13

O desabamento de um internato feminino na cidade de Taskent, na região central da Turquia, deixou pelo menos 13 meninas mortas e mais de 20 feridas. De acordo com as autoridades, cerca de seis meninas continuam soterradas nos escombros do prédio, que tinha três andares.

BBC Brasil |

Autoridades locais acreditam que o prédio desmoronou depois de uma explosão de gás que atingiu o colégio às 22h, horário de Brasília, quando a maioria das meninas estava dormindo.

"A julgar pelas queimaduras das meninas feridas, acreditamos que o desmoronamento foi causado por uma explosão de gás no prédio", disse Galip Sef, membro da equipe de emergência, à agência estatal Anatolian.

Segundo ele, três meninas que foram resgatadas apresentam queimaduras graves pelo corpo.

O internato abrigava 40 meninas, com idade entre oito e 16 anos, que estavam fazendo cursos para aprender o Alcorão durante as férias.

No local do incidente, várias pessoas tentam ajudar no resgate das vítimas com as mãos, martelos e picaretas.

Uma testemunha, que também ajudou no resgate, relatou o momento do acidente ao canal de televisão turco DHA.

"Houve uma grande explosão, então peguei minha mulher e corri para o local. O prédio estava desmoronado. Resgatamos a maior quantidade de vítimas que conseguimos e as levamos para o hospital em nosso carro", afirmou.

O governador da província de Konya, Osman Audin, ordenou o envio de equipes de emergência da capital, Ankara, para ajudar no resgate das vítimas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG