Deputados da oposição são presos no Zimbábue

Dois deputados do Zimbábue foram presos nesta terça-feira horas antes de tomar posse, segundo fontes da oposição.

BBC Brasil |

De acordo com Nelson Chamisa, porta-voz do Movimento para Mudança Democrática (MDC), principal partido da oposição, os dois parlamentares entravam no prédio do Parlamento, na capital Harare, quando foram levados pela polícia.

De acordo com a correspondente da BBC em Johanesburgo Karen Allen, a oposição afirma que a polícia pretende prender outros 15 parlamentares para garantir que o partido do presidente Robert Mugabe, Zanu-PF, ganhe a votação para presidente do Parlamento.

A eleição para o líder da Casa acontece pouco depois da posse dos parlamentares e analistas esperam uma votação apertada.

O Zanu-PF perdeu a maioria parlamentar nas eleições de março e as negociações para um governo de coalizão entre Mugabe e o líder da oposição, Morgan Tsvangirai, estão paralisadas.

Nas eleições parlamentares, o MDC obteve 100 assentos, uma outra facção do MDC obteve dez cadeiras e o partido de Mugabe, o Zanu-PF, conquistou 99.

A oposição diz que vários parlamentares estão sendo perseguidos por uma campanha de violência patrocinada pelo governo, que os acusa de crimes como assassinato, estupro e violência política.

Segundo a oposição, a prisão dos dois deputados irá dificultar ainda mais os diálogos.

Leia mais sobre Zimbábue

    Leia tudo sobre: zimbábue

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG