Bogotá, 6 mai (EFE).- A Câmara de Representantes da Colômbia aprovou hoje uma iniciativa para convocar um referendo para que seja instaurada prisão perpétua para os pedófilos, medida que, agora, deve ser debatida no Senado, informou hoje o legislativo.

O texto, no entanto, afirma que os abusadores de menores receberão "pena de até prisão perpétua", o que deixa a imposição da sentença à vontade do juiz.

A aprovação foi praticamente unânime, segundo Gilma Jiménez, uma vereadora de Bogotá que promove o referendo, que acrescentou que a medida terá grande respaldo nas urnas.

A iniciativa passa agora ao Senado para que, após ser debatida em uma comissão e em uma sessão plenária, também seja aprovada.

"Mais de um milhão de crianças neste país são vítimas de delitos atrozes cada ano; 200 mil são estupradas, calcula a Promotoria; a Procuradoria calcula 25 mil explorados sexualmente, a chamada prostituição infantil", afirmou Jiménez. EFE rrm/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.