Deputado paquistanês morre em atentado em Peshawar

Islamabad, 11 fev (EFE).- Um deputado de um partido minoritário da coalizão governamental paquistanesa morreu hoje e outras oito pessoas ficaram feridas em um atentado na cidade de Peshawar, no noroeste do Paquistão, informou à Agência Efe uma fonte da legenda.

EFE |

"O hospital nos confirmou que Alan Zaib Khan morreu. Estava em condição crítica e faleceu poucas horas após chegar ao centro médico", disse o porta-voz do Partido Nacional Awami, Zahid Bunairi.

Uma bomba colocada em uma motocicleta foi ativada por controle remoto por volta do meio-dia na passagem do veículo onde viajavam Khan e vários assistentes por uma movimentada área de Peshawar, capital da Província da Fronteira Noroeste, segundo fontes policiais citadas pela imprensa local.

"Tudo indica que o deputado era o alvo do atentado", disse o porta-voz do partido, acrescentando que o carro ficou completamente destruído, assim como paredes e vidros de edifícios próximos.

Khan ocupava uma cadeira da Assembleia provincial da Província da Fronteira Noroeste pelo Partido Nacional Awami, legenda laica e pashtun que governa nesta região e faz parte do Executivo paquistanês, liderado pelo Partido Popular do Paquistão (PPP).

Os feridos, muitos deles em estado crítico, foram levados a um hospital da cidade, e a Polícia isolou a área.

O primeiro-ministro paquistanês, Yousaf Raza Gillani, condenou o ataque, em comunicado divulgado por seu escritório. EFE igb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG