Deputado brasileiro pede revisão do setor energético na A.Latina

Brasília, 17 nov (EFE).- O deputado Bonifácio de Andrada, atual vice-presidente do Parlamento Latino-americano (Parlatino), pediu hoje aos países da região que tenham consciência da ameaça que representa o aquecimento global, o que obriga a repensar e revisar o setor energético da região.

EFE |

As declarações do deputado brasileiro foram feitas na inauguração da reunião, que termina amanhã em Brasília, e busca analisar o processo da integração energética latino-americana e comparar as distintas legislações que regulam o setor, com o objetivo firmar bases para uma possível uniformização futura de normas.

"São problemas e ameaças que se discutem sobre a América Latina e também sobre o resto do mundo", por isso que "se impõe a busca conjunta de soluções" que permitam o desenvolvimento do setor energético, mas ao mesmo tempo garantam o cuidado do meio ambiente, declarou Andrada.

Já o senador chileno Jorge Pizarro, atual presidente do Parlatino, pediu hoje aos países da região que esgotem esforços para conseguir uma verdadeira integração energética, com ênfase nos combustíveis mais limpos.

"Caso se consiga desenvolver uma estratégia de integração energética se avançará mais, mas o desafio é que seja com energia limpa, que favoreça o desenvolvimento sustentável e garanta a proteção do meio ambiente", disse Pizarro na reunião.

No encontro participam representantes de Brasil, Bolívia, Chile, México, Guatemala, Panamá, Paraguai, Uruguai e Venezuela, que amanhã concluirão suas sessões com a redação de um relatório conjunto, que será discutido na 24ª Assembléia Ordinária do Parlatino, em dezembro. EFE ed/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG