Deputado brasileiro participa de ato em lembrança de ataque na Argentina

Buenos Aires, 16 ago (EFE).- O deputado Mauricio Rands (PT-PE) participará nesta terça-feira de um ato pelo 15º aniversário do ataque a uma associação judaica em Buenos Aires, que, em julho, foi adiado pela epidemia da nova gripe que afeta o país, informaram hoje fontes oficiais.

EFE |

A presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, e legisladores latino-americanos também participam da homenagem.

O ato acontecerá na sede reconstruida da Associação Mutual Israelita Argentina (Amia), onde 85 pessoas morreram em 1994. Além do deputado brasileiro, também estarão presentes parlamentares argentinos e de Chile, Colômbia, Paraguai, Peru e Uruguai, assim como sobreviventes e familiares das vítimas.

Em declarações à Agência Judaica de notícias, com sede em Buenos Aires, o diretor do Congresso Judaico Latino-americano, Claudio Epelman, destacou que os parlamentares se reunirão amanhã e na terça-feira nesta capital para "analisar elementos jurídicos" que permitam combater o terrorismo.

Após o ato os legisladores devem se reunir com as máximas autoridades da Amia e da Delegação de Associações Israelitas Argentinas (Daia).

Cometido em 18 de julho de 1994, o ataque da Amia foi o segundo dos ataques contra alvos judeus na Argentina e aconteceu depois do atentado que destruiu a embaixada de Israel em Buenos Aires, que ocorreu em 17 de março de 1992 e provocou a morte de 29 pessoas. EFE cw/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG