Dolly segue caminhada pelo nordeste do México - Mundo - iG" /

Depressão tropical Dolly segue caminhada pelo nordeste do México

Miami, 25 jul (EFE).- A depressão tropical Dolly continua hoje seu caminho ao longo da fronteira entre o nordeste do México e o sul do Texas (Estados Unidos), onde ainda produz fortes chuvas, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos EUA.

EFE |

Os meteorologistas do NHC informaram em seu boletim das 6h (em Brasília) que o olho da depressão estava perto da fronteira entre México e Texas, "justo ao sul de Big Bend", na latitude 28,6 graus norte e na longitude 103,6 graus oeste, cerca de 160 quilômetros a sul-sudeste de Marfa (Texas).

A depressão tropical apresenta ventos máximos sustentados de 32 km/h e mantém seu deslocamento em direção oeste, "ao longo da fronteira entre México e Texas".

Os meteorologistas afirmaram que as intensas chuvas podem causar inundações nas regiões afetadas.

"Dolly" tocou a terra na última quarta em South Padre Island, no extremo sul do Texas, como furacão de categoria dois na escala de intensidade Saffir-Simpson, de um máximo de cinco, com ventos máximos sustentados de 165 km/h.

A sua passagem pelo sul deste estado e o nordeste do México causou a morte de duas pessoas, além de inundações em grande parte do vale do Rio Grande (Texas), que se viu inundado por suas chuvas intensas.

"Dolly" foi o segundo furacão da temporada atlântica e o primeiro a atingir o litoral dos EUA este ano.

Durante a temporada atlântica, que começou no dia primeiro e que termina em 30 de novembro, se formaram quatro tempestades tropicais, "Arthur", "Bertha", "Cristobal" e "Dolly", das quais a segunda e a quarta se transformaram em furacão.

Os meteorologistas previram que a temporada será "um pouco mais ativa" que o normal, com a formação de entre seis e nove furacões e de 12 a 16 tempestades tropicais. EFE emi/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG