Dentista alemão é multado após extrair próteses de paciente

BERLIM (Reuters) - Um tribunal alemão condenou um dentista nesta sexta-feira por agressão após a extração forçada de próteses dentárias de uma paciente que não pagou pelo tratamento de 700 euros (880 dólares). Chirin Kolb, um repórter do jornal Suedwest Presse, disse que o dentista, de 57 anos, pediu desculpas ao tribunal municipal de Neu-Ulm após ele ter sido multado em 6.000 euros por ir até a casa de sua paciente e extrair as próteses dentárias de sua boca.

Reuters |

"Seu advogado leu uma declaração expressando arrependimento e se desculpou, dizendo que ele explodiu por estar sob pressão profissional e pessoal", afirmou Kolb à Reuters. Ele estava tentando cobrar 700 euros não cobertos pelo plano de saúde dela.

A mulher compareceu ao tribunal sem os dentes e disse não querê-los de volta devido aos problemas que eles causaram.

(Reportagem de Erik Kirschbaum e Dave Graham)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG