Demora de conserto leva a evacuação de navio ancorado no Paraguai

Montevidéu, 26 fev (EFE).- Autoridades da Prefeitura Naval e da empresa que administra o navio com bandeira italiana Costa Romantica - que sofreu um incêndio diante da cidade de Punta del Este - decidiram evacuá-lo porque o conserto da embarcação demorará mais tempo que o previsto.

EFE |

Segundo informa a edição digital do jornal "El Obsevador", o capitão da embarcação, que está com 338 brasileiros a bordo, e a Marinha Nacional uruguaia estão realizando a evacuação de 1.400 passageiros e 600 tripulantes do cruzeiro.

O incêndio na embarcação de bandeira italiana aconteceu na noite de ontem e não representou risco algum para os passageiros, mas as autoridades decidiram evacuar os viajantes, pois já estão há muito tempo dentro da embarcação e o sistema elétrico não funciona de forma normal.

Se estima que o navio estará em condições de retomar seu rumo para o porto de Buenos Aires na madrugada de sexta-feira.

O Costa Romântica permanece parado no litoral do balneário uruguaio de Punta del Este desde que o fogo danificou sua sala de máquinas enquanto cobria a rota entre Rio de Janeiro e Buenos Aires.

Porta-vozes da Marinha Uruguaia disseram que a embarcação está ancorada e não encalhada, como informou anteriormente parte da imprensa. EFE amr/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG