Democratas vestem camisa da ecologia para convenção em Denver

Teresa Bouza Denver (EUA), 24 ago (EFE).- Os membros do Partido Democrata chegam com espírito verde a Denver (Colorado), onde, a partir de amanhã, realizam uma convenção que tem como objetivo entrar para a história da legenda.

EFE |

"Esta será a convenção mais 'verde', a mais sustentável e a de maior êxito político da história", prometeu em abril a presidente da Câmara de Representantes (Baixa), a democrata Nancy Pelosi.

A legisladora respondia assim ao chamado feito pelo prefeito de Denver, o democrata John Hickenlooper, que pediu a seus correligionários e a sua cidade que fizessem "a convenção mais ecológica da história do planeta".

A mensagem ecoou nas fileiras de um partido que busca assumir a condição de paladino da causa do meio ambiente após anos de falta de liderança dos Estados Unidos na luta contra a mudança climática.

Assumido o desafio, tiveram início os preparativos, supervisionados por Andrea Robinson, uma ecologista experiente contratada pelos democratas em setembro do ano passado para coordenar a "convenção verde".

Um dos principais reforços na luta democrata em favor do meio ambiente chegou em março, quando o Pepsi Center, que sediará a convenção e abriga partidas da equipe de basquete Denver Nuggets, que disputa a liga profissional americana (NBA), anunciou que se transformaria no primeiro ginásio completamente ecológico dos EUA.

O Pepsi Center será "alimentado" por energia eólica, e recorrerá a geradores elétricos tradicionais só em último recurso.

Além disso, os organizadores da convenção contarão com o apoio de 900 "voluntários verdes" para garantir que os participantes do evento atirem lixo no contêiner correto para reciclagem.

Fora do Pepsi Center, haverá uma frota de mil bicicletas, que poderão ser utilizadas de forma gratuita das 7h às 19h e ônibus híbridos, movidos a biocombustíveis, para trasladar os participantes à sede do evento a partir dos hotéis onde estarão hospedados.

Os hotéis também farão sua parte, ao entregar a seus hóspedes cartões biodegradáveis para abertura das portas das habitações, em lugar das tradicionais tarjetas de plástico.

A empresa responsável pela confecção dos cartões biodegradáveis, a Sustainable Cards, calcula que anualmente a indústria hoteleira americana desperdiça 1.300 toneladas de plástico por utilizar cartões não recicláveis.

A tudo isso se soma uma calculadora virtual, que pode ser acessada por meio da página de internet oficial da cidade (www.denver.org) e que permitirá aos presentes saber quantas emissões de CO2 geraram durante sua estadia na convenção.

Além disso, 70% da comida que será servida no Pepsi Center - onde frituras estão proibidas - será "ecológica" ou produzida por agricultores locais.

Os republicanos, que realizarão sua convenção em Minnesota na próxima semana, tentarão seguir os mesmos princípios ecológicos de seus rivais políticos, incluindo a utilização de veículos híbridos e de programas de reciclagem, embora tenham sido mais discretos na hora de divulgar o caráter "verde" do evento. EFE tb/fr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG