WASHINGTON (Reuters) - Os democratas parecem não ter votos suficientes para aprovar a reforma do sistema de saúde dos Estados Unidos na Câmara dos Deputados, mas podem consegui-los, afirmou um importante congressista republicano neste domingo. Eles (democratas da Câmara) não têm os votos, segundo nossa melhor contagem, afirmou o republicano Paul Ryan, congressista que integra a Comissão de Orçamento da Câmara, ao programa Fox News Sunday.

"Mas eu não excluiria ela (presidente da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, Nancy Pelosi) porque ela é muito boa em reunir votos... A presidente é muito boa em fazer acordos."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.