Democratas dizem ter votos para aprovar reforma da saúde

Washington, 21 mar (EFE).- O Partido Democrata acredita que tem o apoio necessário para aprovar a reforma do sistema de saúde na votação definitiva que acontece hoje na Câmara de Representantes, disse um dos líderes da legenda.

EFE |

O chefe da bancada democrata na casa, John Larsson, afirmou ao programa de TV "This Week", da rede "ABC", que o partido, "neste momento, já tem os votos".

No entanto, o líder da minoria republicana na câmara, John Boehner, assegurou que os democratas não têm os 216 votos de que precisam para aprovar o texto.

Como a oposição republicana votará em bloco no "não", os democratas tiveram que buscar em suas próprias fileiras o apoio necessário para fazer a reforma avançar.

Neste domingo, os congressistas votarão dois projetos de lei diferentes após duas horas de debate. Um é o que foi aprovado pelo Senado em dezembro, e que, se receber o sinal verde da câmara, vai levado para que Obama o sancione.

O segundo introduz uma série de emendas no primeiro. Se este for aprovado, passará para o Senado, que, segundo o acordo fechado pelos democratas, o aprovará sem mudanças e imediatamente ao longo desta semana. EFE mv/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG