Democratas criticam plano de McCain para salvar mutuários

A equipe de campanha do candidato democrata à Casa Branca, Barack Obama, disse nesta quarta-feira que a proposta do republicano John McCain para a recompra dos empréstimos hipotecários sem liquidez de milhares de mutuários será muito custosa para os Estados Unidos.

AFP |

McCain "fez uma proposta que parece conceder ao (departamento do) Tesouro a autoridade que já tem para reestruturar os empréstimos hipotecários duvidosos", disse Jason Furman, conselheiro de Obama para assuntos econômicos.

"Mas agora que temos os detalhes do plano, parece que é ainda mais custoso e fora de lugar do que imaginávamos".

Durante o segundo debate presidencial, nesta terça-feira, em Nashville (Tennessee), McCain propôs recomprar os empréstimos de mutuários inadimplentes, o que envolveria um esforço de 300 bilhões de dólares.

"Precisamos estabilizar o valor das residências para que os americanos possam viver o sonho americano e permanecer em suas casas", disse McCain durante o debate.

Há meses, os democratas no Congresso defendem uma lei que ajude os mutuários sob ameaça de perder suas residências.

col/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG