Democrata tem encontros históricos em Mianmar e obtém liberdade de americano

O senador democrata americano Jim Webb, ligado ao presidente Barack Obama, teve neste sábado um encontro histórico com o general Than Shwe, chefe da junta militar que governa Mianmar, antes de se reunir com a líder opositora Aung San Suu Kyi e obter a libertação do americano John Yettaw.

AFP |

Webb, parlamentar pelo estado da Virginia, é o primeiro político americano a se reunir com Than Shwe, inimigo dos governos anteriores dos Estados Unidos.

O encontro aconteceu em Naypyidaw, capital administrativa de Mianmar, no momento em que os generais birmaneses continuam sendo alvo de críticas internacionais pela sentença anunciada semana passada contra Suu Kyi a 18 meses adicionais de prisão domiciliar.

Suu Kyi, 64 anos, passou 14 dos últimos 20 anos privada de liberdade. A última condenação foi motivada por acusações de transgressão às normas da prisão domiciliar, por ter recebido em maio o americano Yettaw, que chegou a nado à casa da opositora.

Yettaw, um mormón de 54 anos, foi condenado a sete anos de prisão e trabalhos forçados, mas o gabinete de Webb anunciou que o senador obteve a libertação do réu e que ele deixará Mianmar com o democrata no domingo. A notícia foi confirmada por uma fonte do governo de Mianmar que pediu anonimato.

"Yettaw será oficialmente deportado na manhã de domingo", afirma um comunicado do gabinete de Webb. Ele deixará o país em um avião militar com destino a Bangcoc.

Depois da passagem por Naypyidaw, onde Webb também se reuniu com representantes da Liga Nacional para a Democracia (LND), principal partido de oposição dirigido por Suu Kyi, o senador visitou Yangun, a maior cidade de Mianmar, onde teve um encontro de 45 minutos com a prêmio Nobel da Paz.

O objetivo da nova condenação seria impedira a participação da principal figura da oposição birmanesa nas eleições prometidas pela junta para 2010.

A comunidade internacional criticou a condenação, com direito a novas sanções por parte da União Europeia (UE).

Than Shwe, 76 anos, no poder desde 1992, é pressionado com sanções pelos Estados Unidos e a UE há mais de uma década pelas violações aos direitos humanos e a ausência de reformas democráticas.

Jim Webb, 63 anos, um ex-marine condecorado pela guerra do Vietnã, preside a subcomissão das Relações no Senado sobre o sudeste da Ásia e o Pacífico. Ele chegou a Mianmar na sexta-feira.

hla/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG