Delegados chineses e sul-coreanos debatem futuro de diálogo sobre Pyongyang

Pequim, 24 mar (EFE).- Os chefes da delegação chinesa e sul-coreana para o diálogo multilateral que busca a desnuclearização da península coreana reuniram-se hoje, em Pequim, para debater o futuro das negociações, confirmou o Ministério de Assuntos Exteriores chinês.

EFE |

O vice-ministro de Assuntos Exteriores chinês, Wu Dawei, e o chefe de negociação sul-coreano, Wie Sung-rak, realizaram a reunião na capital chinesa, em meio ao aumento das tensões com a Coreia do Norte, que hoje mesmo ameaçou sair do diálogo.

O porta-voz de Assuntos Exteriores chinês, Qin Gang, reiterou hoje a preocupação da China com o aumento das tensões.

"Esperamos que as partes envolvidas evitem ações que compliquem ainda mais a situação", disse, em entrevista coletiva.

Qin também pediu a rápida retomada das conversas, que Pequim sedia desde 2003 com representantes das duas Coreias, Japão, EUA, Rússia e a própria China.

A Coreia do Norte ameaçou hoje boicotar as negociações sobre sua desnuclearização se a ONU impuser sanções devido ao previsto lançamento de um míssil em abril, supostamente para colocar em órbita um satélite de comunicações.

No entanto, especialistas sul-coreanos consideram que é o teste de um míssil de longo alcance de possível utilidade militar.

A recente detenção de duas jornalistas americanas por parte das autoridades norte-coreanas apenas aumenta ainda mais a tensão nas relações entre Pyongyang e as outras partes envolvidas no diálogo nuclear. EFE abc/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG