Ciudad Juárez (México), 21 out (EFE).- Uma delegacia policial do município mexicano de Ascensión, no estado de Chihuahua, recebeu quatro cabeças humanas em uma embalagem térmica enviada, supostamente, pelo crime organizado através do correio, informaram hoje fontes oficiais.

O pacote chegou esta segunda-feira à sede policial, disseram à Agência Efe fontes da Subprocuradoria de Chihuahua para a região norte desse estado, que faz fronteira com os Estados Unidos.

Segundo as informações que acompanhavam o pacote, a embalagem continha em seu interior vacinas e, por isso, o chefe da Polícia de Ascensión, Francisco Javier López, se pôs em contato com as clínicas do estado para saber se tinham notificação do envio, já que pareceu que tinha ocorrido um erro.

Ao não encontrar a resposta, o policial abriu o pacote e se deparou com os restos humanos.

A Procuradoria Geral de Justiça do Estado não informou ainda sobre os resultados das investigações iniciadas em relação com o caso.

Ainda não se sabe também o paradeiro dos corpos das quatro pessoas que foram decapitadas, que se acredita que estavam vinculadas ao crime organizado.

Chihuahua é, junto com Sinaloa, no noroeste do país, o estado mais afetado pela escalada de violência dos cartéis de droga e das máfias criminosas no México. EFE hs/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.