Delegação taiuanesa viaja à China para iniciar negociação histórica

Taipé, 11 jun (EFE).- Uma delegação de Taiwan, liderada pelo negociador Chiang Ping-kun, viajou hoje a Pequim, para protagonizar uma histórica negociação que porá fim a mais de dez anos de estagnação no diálogo bilateral.

EFE |

Chiang, presidente da Fundação Intercâmbios do Estreito (FIE), se reunirá amanhã com seu homólogo chinês, Chen Yunlin, para negociar um ambicioso plano de aproximação econômica, que Taiwan espera ser capaz de eliminar as tensões no Estreito e reativar a economia da ilha.

"Nossa missão mais importante é fomentar a paz", disse Chiang à imprensa antes de partir de Taipé.

O presidente taiuanês, Ma Ying-jeou, tem grandes esperanças de que estas negociações entre a FIE e a Associação das Relações através do Estreito de Taiwan (Arats) obtenham conquistas positivas para o desenvolvimento de Taiwan e as relações entre as duas partes do Estreito de Formosa.

A delegação taiuanesa, composta por 19 membros, negociará o início dos vôos diretos regulares entre China e Taiwan, e a chegada à ilha de turistas chineses, pontos que foram prometidos na campanha eleitoral de Ma.

A China interrompeu as negociações entre a FIE e a Arats em julho de 1999. EFE flp/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG