Delegação do Hamas espera resposta de Israel

Cairo, 7 fev (EFE).- Uma delegação do grupo islâmico palestino Hamas chegou hoje ao Egito para receber dos mediadores deste país a resposta israelense a seus pedidos para aceitar um acordo a fim de conseguir uma trégua estável na Faixa de Gaza, segundo a agência Mena.

EFE |

A missão, integrada por sete pessoas, é liderada pelo dirigente do Hamas Mahmoud Zahar, e entrou no Egito através da passagem de Rafah, situada na fronteira com Gaza.

É a primeira vez que Zahar, máximo ideólogo do Hamas em Gaza, aparece em público desde o ataque israelense contra Gaza lançado em 27 de dezembro do ano passado.

Esta visita ocorre depois que, na quinta-feira, outra delegação do grupo deixou a capital egípcia sem alcançar nenhum acordo para uma trégua, após uma rodada de negociações de três dias.

Em declarações à rede de televisão catariana "Al Jazira", Zahar reiterou hoje que, para alcançar um cessar-fogo, "é preciso acabar com a agressão (israelense), suspender o bloqueio a Gaza, e reconstruir toda a infraestrutura destruída por Israel".

Ontem, o líder máximo do Hamas, Khaled Mashaal, confirmou no exílio em Damasco que rejeitarão qualquer pacto de trégua que não inclua a suspensão do bloqueio à Faixa de Gaza, controlada por seu grupo.

Em discurso no campo de refugiados de Yarmouk, no sul da capital síria, Mashaal disse que sua organização "recebeu propostas vagas por parte do Egito, sem nenhum compromisso israelense de que suspenderá o bloqueio". EFE aj/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG