Cabul, 24 nov (EFE).- Uma delegação do Conselho de Segurança da ONU chegou hoje a Cabul para analisar a situação das ajudas econômicas prometidas pela comunidade internacional e o progresso do Afeganistão na paz e na reconstrução.

Em comunicado, a Missão de Assistência da ONU no Afeganistão (Unama), informou da chegada da delegação, que durante sua visita de três dias se reunirá com o presidente afegão, Hamid Karzai, assim como com outros líderes governamentais e membros da sociedade civil.

"Na agenda se incluem encontros relativos à segurança, à governabilidade, aos direitos humanos e ao desenvolvimento econômico e social", diz a nota.

A delegação do Conselho de Segurança, liderada pelo italiano Giulio Terzi e com representantes de 14 países, "avaliará" a situação dos US$ 20 bilhões que a comunidade internacional decidiu destinar ao Afeganistão na conferência de doadores que foi realizada em Paris em junho.

Os diplomatas da ONU se encarregarão de analisar o "progresso do Afeganistão na paz e na reconstrução", assim como "ressaltar a importância da cooperação regional para a governabilidade, a segurança e o desenvolvimento".

Outro dos objetivos da visita é destacar o papel da ONU como promotor da "paz e da estabilidade" no Afeganistão, diz a nota, que afirma que a Unama "lidera desde 2002 os esforços civis da comunidade internacional" no país.

A Otan tem cerca de 48.000 membros da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) posicionados no Afeganistão. Eles estão sob mandato do Conselho de Segurança da ONU.

Em 2008, mais de 1.500 civis morreram em ataques de talibãs e de tropas internacionais, que não conseguiram enfraquecer a presença dos insurgentes. EFE lo/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.