Moscou - O Ministério da Defesa da Rússia acusou hoje a Geórgia de ações ilegais contra as tropas de paz russas na região separatista da Abkházia, ao comentar a detenção na véspera de quatro soldados russos na zona do conflito georgiano.

"Estas ações ilegais dos representantes da Polícia georgiana estão ajustas a todas as normativas, pois o incidente aconteceu na zona de segurança (...), na proximidades da linha de separação de forças", disse o Igor Konashenkov+, porta-voz do Exército da Rússia, citados pela agência "Interfax".

Os militares russos, que já estão em liberdade, foram detidos cerca da cidade georgiana de Zugdidi quando transportavam 35 caixas com munição de sua base na Abkházia aos armazéns que têm no povoado de Urta, na Geórgia ocidental.

As autoridades georgianas inicialmente informaram da detenção de 14 soldados russos, mas depois precisaram que se tratava de só quatro soldados.

Leia mais sobre: Rússia

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.