Defensores dos direitos humanos pedem a Obama que condene ataques aéreos

Londres, 2 jan (EFE).- Vários defensores dos direitos humanos, como a ex-modelo Bianca Jagger e a cantora Annie Lennox, pediram hoje ao presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, que condene os ataques aéreos israelenses contra a Faixa de Gaza.

EFE |

Em entrevista coletiva convocada por ocasião de uma manifestação que acontecerá amanhã no centro de Londres para condenar os bombardeios, Bianca Jagger disse: "Quero fazer um pedido ao presidente eleito Obama para que fale em voz alta".

"O povo no mundo todo tinha esperanças quando foi eleito e temos que pedir-lhe que solicite uma imediata cessação dos bombardeios contra a população civil na Faixa de Gaza", afirmou a ex-mulher do líder dos Rolling Stones, Mick Jagger, acompanhada por Lennox e vários deputados britânicos.

Por sua parte, Lennox relatou o sentimento de comoção que sentiu quando se inteirou dos ataques israelenses.

"Logo depois do Natal, desci (em sua casa), liguei a televisão e vi a fumaça que saía dos prédios e senti uma grande comoção porque pensava como mãe e como ser humano", disse.

O ex-prefeito de Londres Ken Livingstone também deu seu apoio a este protesto, programado por mais de 30 organizações, entre elas a Coalizão Stop the War, a Iniciativa Muçulmana Britânica e a Campanha pela Solidariedade Palestina.

Além de Jagger, Lennox e Livingstone, a manifestação conta com o respaldo de vários deputados britânicos, entre eles o trabalhista Jeremy Corbyn, a liberal-democrata Sarah Teather e o parlamentar do partido Respect George Galloway. EFE vg/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG