Defensores dos animais denunciam concurso de comer baratas na Áustria

VIENA - Um grupo de defensores dos animais denunciou um concurso de comer baratas, vermes e larvas em troca de um prêmio de 2.000 euros (US$ 2.640), realizado na segunda-feira, em um centro comercial de Viena.

EFE |

A competição foi organizada pela Lugner City, uma galeria de propriedade do conhecido construtor local Richard Lugner, e contou com a participação de cerca de 20 pessoas, 90% delas mulheres, informou hoje a imprensa austríaca.

Os participantes que conseguiram terminar o prato receberam 1.000 euros (US$ 1.320) em bônus para compras no centro comercial, enquanto o participante que devorou com mais velocidade sua porção de insetos vivos ganhou um vale de 2.000 euros (US$ 2.640).

Vários grupos ambientalistas protestaram contra o concurso, e a ONG Associação Austríaca de Defesa dos Animais chegou a denunciar Lugner por "maus-tratos contra os animais".

"É cada vez mais comum que os 'famosos' usem animais para atrair a atenção da imprensa", disse Marion Löcker, presidente da ONG, ao anunciar a denúncia.

A imprensa austríaca especula que a intenção de Lugner ao organizar o concurso foi zombar da participação de sua ex-mulher em um reality show no qual famosos têm de sobreviver na floresta. EFE as/mh

    Leia tudo sobre: concurso

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG