O acidente com o avião da Spanair que deixou 154 mortos no aeroporto de Barajas, em Madri, no dia 20 de agosto, foi provocado por um problema nos flaps durante a decolagem, afirma uma reportagem publicada na edição desta terça-feira do jornal espanhol El País.

Segundo o jornal, que cita investigadores, os flaps - que são como "abas" localizadas nas asas e funcionam como sistema de frenagem aerodinâmica - não abriram na decolagem.

De acordo com o El País, a investigação teria descoberto ainda que o os pilotos não estavam cientes do problema porque o alarme no cockpit não disparou.

No dia 4 de setembro o jornal americano Wall Street Journal publicou uma reportagem que também indicava um problema nos flaps como a causa do acidente.

O vôo JK 5022 da Spanair caiu no dia 20 de agosto, logo após a decolagem em Madri. O acidente deixou 154 mortos e 20 feridos e foi o mais grave na Espanha em 25 anos.

Leia mais sobre: Espanha  - acidente de avião

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.