Declarações de Miss Universo sobre Guantánamo criam polêmica na Venezuela

As opiniões da Miss Universo 2008, a venezuelana Dayana Mendoza, sobre sua viagem à baía de Guantánamo, em Cuba, onde os Estados Unidos mantêm mais de 200 prisioneiros da guerra contra o terrorismo, causaram polêmica na imprensa do país sul-americano.

AFP |

A jovem escreveu em seu blog, citado pela mídia local, que Guantánamo era um "lugar relaxante, tranquilo e muito bonito", provocando espanto em seu país.

Um jornalista da televisão privada venezuelana chamou a atenção sobre a necessidade de formar as rainhas da beleza para que se mantenham informadas sobre o que acontece no cenário internacional.

A presidente da organização do Miss Universo, Paula M. Shugart, saiu em defesa de Mendoza, usando o mesmo blog para argumentar que a jovem estava apenas se referindo à hospitalidade com que foi recebida na base americana, à qual a miss fez uma breve visita dentro de sua agenda como Miss Universo, que inclui visitas a tropas militares.

Mesmo assim, os comentários de Mendoza sobre Guantánamo foram retirados imediatamente do blog.

O presidente americano, Barack Obama, ordenou em janeiro o fechamento da prisão de Guantánamo dentro de um ano.

mdp/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG