Los Angeles, 8 out (EFE).- O segundo debate de candidatos à Presidência dos Estados Unidos foi visto por 63,2 milhões de espectadores no país, número menor se comparado à audiência do embate entre os aspirantes a vice, segundo dados divulgados hoje pela companhia de medição Nielsen.

O encontro entre o democrata Barack Obama e o republicano John McCain não chegou a superar em interesse o debate dos candidatos a vice, Joe Biden e Sarah Palin, que aconteceu na semana passada com números que beiraram 70 milhões de espectadores.

O primeiro debate televisado entre Obama e McCain atraiu 52,4 milhões de espectadores, uma audiência sensivelmente inferior ao primeiro que tiveram em 2004 George W. Bush e seu adversário, o democrata John Kerry, que foi visto por mais de 60 milhões de pessoas.

O resultado do segundo encontro dos candidatos perante as câmeras foi um indicativo de que, quando falta menos de um mês para o pleito, os candidatos a presidente dos EUA estão captando mais a atenção dos cidadãos.

Isso não aconteceu com o segundo debate de 2004 entre Bush e Kerry, quando o interesse despencou e apenas 46 milhões de espectadores assistiram.

O público hispânico dos EUA foi o que mais cresceu em relação ao primeiro debate, 34%, na frente dos brancos, cuja audiência foi de 21% e 9%, no caso da comunidade afro-americana.

Até o momento, o debate eleitoral que gerou mais interesse do público foi o de 28 de outubro de 1980, entre o então presidente Jimmy Carter, democrata, e o seu futuro sucessor na Casa Branca, o republicano Ronald Reagan.

O embate foi assistido por 80,6 milhões de pessoas através pela TV. EFE fmx/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.