grande triunfo de Chávez - Mundo - iG" /

De Moscou, Evo Morales comemora grande triunfo de Chávez

Moscou, 16 fev (EFE).- O presidente da Bolívia, Evo Morales, felicitou hoje da Rússia, onde está em visita oficial, o grande triunfo do presidente da Venezuela, Hugo Chávez -aliado dele-, no plebiscito cuja vitória o permite ser reeleito de maneira ilimitada.

EFE |

Em declarações à imprensa após se encontrar com o presidente da Rússia, Dmitri Médvedev, o líder boliviano comemorou "o grande triunfo do companheiro, irmão presidente da Venezuela no plebiscito tão democrático que se realizou na Venezuela".

"Às vezes somos acusados pelo 'império' de ditadores. Não há nenhuma ditadura na América Latina, mas processos de transformações profundas com a participação de 'povos'", afirmou.

Morales referia-se a atos como o do início de fevereiro, quando Hugo Chávez, decretou feriado nacional em função de seu décimo aniversário na Presidência da Venezuela e mandou a Polícia fechar à força lojas cujos comerciantes tentavam abrir as portas para trabalhar.

O próprio Morales venceu, no final de janeiro, outro referendo, aprovando uma nova Constituição que nacionaliza recursos e o permite ficar na Presidência até 2015, mas que foi rejeitada em diversos departamentos (estados) onde a oposição a seu Governo é forte.

Além da afinidade ideológica, os Governos de Bolívia e Venezuela têm projetos binacionais em áreas como a petrolífera.

Em novembro de 2007, Venezuela doou US$ 6,3 milhões às Forças Armadas da Bolívia.

Por sua vez, a Rússia, que Morales visita atualmente, já vendeu US$ 3 bilhões em armas à Venezuela, em 2006, e no ano passado, emprestou mais US$ 1 bilhão para o Governo venezuelano comprar armas russas. EFE bsi/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG