David Blaine inicia desafio de passar 60 horas pendurado no Central Park

Nova York, 22 set (EFE) - O mágico americano David Blaine iniciou hoje uma nova prova de resistência física e mental, desta vez passar 60 horas pendurado de ponta-cabeça no Central Park de Nova York.

EFE |

Blaine, de 35 anos e que nasceu no bairro nova-iorquino de Brooklyn, começou este novo desafio por volta das 8h30 (9h30 em Brasília) e pretende se manter nessa posição até quarta-feira à noite, durante a exibição de um programa de televisão.

Pat Smith, porta-voz de Blaine, explicou à Agência Efe que tudo vai como estava planejado e que o mágico tinha conversado com alguns espectadores que quiseram ser testemunhas esta manhã de uma nova prova de resistência do popular ilusionista.

"Está muito animado", acrescentou Smith, que assegurou que Blaine continuará pendurando a mais de 15 metros sobre o ringue de patinação do Central Park, independente de se chover ou fizer sol.

O mágico disse na semana passada, quando explicou detalhes do novo desafio, que era a prova "mais perigosa" que realizava.

O desafio exigirá que perca peso e prepare exercícios para facilitar a circulação do sangue e evitar que esse se acumule no cérebro e nos olhos, o que poderia ter graves conseqüências.

Blaine explicou também que fixou o limite em 60 horas por ser esse o tempo máximo que conseguiu permanecer acordado em desafios anteriores similares. EFE vm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG