Dalai lama visita Polônia e elogia resistência ao nazismo

Berlim, 28 jul (EFE).- O dalai lama elogiou hoje em Varsóvia a luta dos poloneses contra a ocupação alemã durante a Segunda Guerra Mundial e o amor desse povo pela liberdade.

EFE |

O líder religioso tibetano fez essas declarações após percorrer hoje um museu que lembra a resistência ocorrida entre agosto e outubro de 1944, em que morreram 200 mil pessoas.

Segundo informou a agência de notícias polonesa "PAP", durante a visita ao museu um homem que viveu o levantamento exclamou: "Viva o Tibete livre!", gesto que o dalai lama agradeceu abraçando o idoso.

Em discurso feito de manhã na Universidade de Varsóvia, o líder espiritual budista agradeceu pelos esforços mostrados por alguns políticos regionais poloneses por mudarem o nome de um cruzamento da cidade para o de "Largo do Tibete livre".

O dalai lama qualificou a iniciativa de "correta e lógica".

No discurso, o dalai lama encorajou o mundo a viajar para o Tibete para conhecer a situação na região.

"Se a situação é tão boa como dizem os chineses, que mostrem ao mundo", acrescentou.

Na quarta-feira, o dalai lama receberá a cidadania de honra de Varsóvia, e depois seguirá viagem para a Alemanha. EFE ih/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG