O Dalai Lama enviou nesta quarta-feira seus votos de sucesso à China pelos Jogos Olímpicos e afirmou que este acontecimento esportivo deve promover a paz.

"É um momento de grande orgulho para os 1,3 bilhão de chineses e quero enviar minhas saudações à China, aos organizadores e aos atletas dos próximos Jogos Olímpicos, declarou o chefe espiritual e político dos tibetanos no exílo na Índia através de um comunicado.

"Quando a China apresentou sua candidatura para organizar os Jogos, eu a apoiei", recordou o Dalai Lama.

De fato, inclusive durante o pior momento dos distúrbios no Tibete, em março passado, o líder religioso, que também é um hábil diplomata, sempre afirmou que a China, "antiga nação e potência", merecia realizar seus Jogos.

"Mas os Jogos de Pequim devem promover o espírito olímpico de amizade, de abertura e de paz", ressaltou o Prêmio Nobel da Paz 1989.

str/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.