Dalai lama é levado a hospital de Nova Délhi com dor no braço

Nova Délhi, 2 fev (EFE).- O líder espiritual tibetano, o dalai lama, foi levado hoje a um hospital de Nova Délhi para fazer exames médicos após reclamar de dor em um dos braços, informou à Agência Efe seu porta-voz Tenzin Taklha.

EFE |

Segundo Taklha, a equipe médica que atendeu o dalai lama descartou que as dores tenham relação com algum problema no coração, e o líder religioso deve deixar o centro hospitalar ainda hoje.

"Sua Santidade sentiu dores em um braço e se submeteu a um exame médico. Não é uma emergência", afirmou o porta-voz, acrescentando que o líder dos tibetanos passará a noite em um hotel da capital indiana.

Em 10 de outubro do ano passado, o dalai lama foi submetido a uma intervenção cirúrgica em Nova Délhi para retirar um cálculo biliar.

O líder tibetano, de 73 anos, foi internado várias vezes o ano passado em centros hospitalares de Mumbai e Nova Délhi, tanto para exames de rotina quanto para revisões relacionadas a alguma dor. EFE mb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG