inferno - Mundo - iG" /

Dalai Lama diz que China transformou o Tibete em um inferno

DHARAMSALA ¿ O líder espiritual Dalai Lama disse nesta terça-feira que a China transformou o Tibete em um inferno e matou centenas de milhares de tibetanos. No dia em que se comemora o 50º aniversário do levante contra Pequim que o obrigou a exilar-se na Índia, o Dalai Lama voltou a pedir uma autonomia significativa para seu país natal.

Redação com agências internacionais |

AP
O líder espiritual dos tibetanos, Dalai Lama, chega a templo em Dharamsala

Líder espiritual dos tibetanos chega a templo em Dharamsala

"Estes últimos 50 anos têm sido de sofrimento e destruições para o território e o povo do Tibete", disse o Dalai Lama em Dharamsala, na Índia.

"Depois de ocupar o Tibete, o governo comunista chinês passou a realizar toda uma série de campanhas de violência e repressão", acrescentou. "Os tibetanos têm vivido literalmente um inferno na Terra."

O líder defendeu a continuidade de uma luta não-violenta por autonomia e lamentou a ausência de resultados das negociações com as autoridades chinesas. 

Após o discurso, milhares de tibetanos, inclusive muitas crianças, percorreram as estreitas ruas de Dharamsala com cartazes pedindo um "Tibete livre" e protestando contra a repressão chinesa.

"O que o Dalai disse é certo, acreditamos totalmente nele e o seguiremos", disse o estudante Rinzin Choedon, de 12 anos. "A China tem de concordar que o Tibete é uma nação livre."

O governo da China se recusou a responder às acusações do Dalai Lama, mas negou que os chineses tenham matado centenas de milhares de tibetanos.

"O grupo do Dalai Lama confunde o bem e o mal, divulga rumores", afirmou Ma Zhaoxu, porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores chinês.  "As reformas democráticas no Tibete são as mais amplas e as mais profundas de sua história", completou.

Tibetanos pedem longa vida a Dalai Lama; assista ao vídeo:


(Com informações da AFP e da EFE)

Leia mais sobre Tibete

    Leia tudo sobre: tibete

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG