Dalai Lama deixa o hospital após realizar exames

O Dalaï Lama, chefe espiritual dos tibetanos, deixou nesta segunda-feira um hospital de Nova Délhi depois de ter sido internado de emergência sentindo dores no braço, informou seu porta-voz.

Redação com agências internacionais |

"Sua Santidade sofreu de um pinçamento de um nervo no braço, provavelmente por causa de um movimento brusco ou a uma posição ruim", informou por telefone Tenzin Taklha.

"Ele deixou o hospital e deve retornar nesta terça a Dharamsala", norte da Índia, onde ele se refugiou em 1959 após deixar o Tibete.


Dalai Lama foi internado em Nova Délhi / AP


O líder religioso de 73 anos foi internado às pressas ao se queixar de dores no braço. Esta foi sua terceira hospitalização em cinco meses.

Dalai Lama teve uma série de problemas de saúde nos últimos meses e foi obrigado a interromper sua agenda de viagens internacionais para ensinar os conceitos do budismo e lutar pela autonomia do Tibete.

Em outubro, o Dalai Lama fez uma cirurgia para retirada de cálculo biliar e em agosto ele foi internado em um hospital de Mumbai por desconforto estomacal.

O Dalai Lama vive em exílio na Índia desde que fugiu do Tibete, em 1959, após uma tentativa sem sucesso de revolta contra o controle chinês.

Leia mais sobre Dalai Lama

    Leia tudo sobre: dalai lama

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG