Dados oficiais revelam que mexicanos estão comendo menos por causa da crise

Pelo menos 2,6 milhões de famílias mexicanas deixaram de comer em um dia da semana por causa da crise econômica global, segundo dados oficiais. O número representa quase 10% de todos os lares mexicanos.

BBC Brasil |

A Secretaria de Desenvolvimento Social do México calcula que atualmente 47% da população - mais de 50 milhões de pessoas - vivam abaixo da linha da pobreza.

O Instituto Nacional de Estatística e Geografia do México (Inegi) indica que 6,5 milhões de lares mexicanos modificaram suas dietas por causa da crise.

A mexicana Emerenciana Martinez é uma das afetadas pela mudança na dieta trazida pelos efeitos da crise econômica.

Ela mora no bairro Alfareros na cidade de Chimalhuacán, perto da capital mexicana. Emerenciana conta que deixou de comer em um dia da semana porque o dinheiro não é suficiente para comprar todos os alimentos e que os vizinhos pararam de comer carne pelo mesmo motivo.

"Aqui não tem ninguém que não tenha fome, vemos as crianças cada vez mais fracas", disse.

Obesidade
As crianças estão entre as mais afetadas pela alteração na dieta. Segundo a pesquisa conduzida pelo governo, 31% dos menores de idade têm uma dieta pouco variada e cerca de 24,5% dos entrevistados o disseram que comem menos do que gostariam.

Outro dado alarmante é que cada vez mais famílias substituem alimentos como carne e vegetais por outros ricos em calorias, mas pouco nutrientes.

Analistas dizem que estes dados sugerem que a dieta de muitos mexicanos vem se deteriorando e que boa parte da população pode estar se tornando obesa.

"São dados dramáticos que dão uma nova cara à pobreza. É algo que sabíamos, mas não tínhamos medido", disse Julio Boltvinik, pesquisador da Universidade do México.

Esta foi a primeira vez que o governo mexicano mediu a quantidade de alimentos que a população consome.

A situação pode se agravar ainda mais no México se a estimativa de aumento nos preços do petróleo e da energia em 2010, prevista pelas autoridades mexicanas, realmente se concretizar.

Leia mais sobre México

    Leia tudo sobre: criançascrise econômicafomegripe suínaméxico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG