Dados e informações gerais sobre a Geórgia, que realiza eleições amanhã

Moscou, 20 mai (EFE).- Dados e informações gerais sobre a Geórgia, que realiza eleições parlamentares amanhã: NOME OFICIAL: República da Geórgia.

EFE |

LOCALIZAÇÃO: Sudeste da Europa. Ex-república soviética, a Geórgia faz fronteira com Rússia (norte), Armênia (sul), Azerbaijão (sudeste), Turquia (sudoeste) e Mar Negro (oeste).

SUPERFÍCIE: 69.700 quilômetros quadrados.

POPULAÇÃO: 4,661 milhões de habitantes (2006).

COMPOSIÇÃO: georgianos (83,8%); azerbaijanos (7,5%); armênios (5,7%); russos (1,5%); outros (1,5%).

CAPITAL: Tbilisi, com 1,345 milhão de habitantes (2006).

IDIOMA: Georgiano (oficial); russo e armênio (não oficiais). Nos territórios da Abkházia e da Ossétia do Sul são também oficiais o abkhásio (parecido com o persa) e o osseta (com o turco).

RELIGIÃO: Ortodoxos (maioria), muçulmanos e judeus.

GOVERNO: República presidencialista.

CONSTITUIÇÃO: 1995.

PRESIDENTE: Mikhail Saakashvili. O presidente é eleito diretamente para um mandato de cinco anos (só pode exercer um máximo de dois mandatos consecutivos), e desempenha as funções de chefe de Estado, do Executivo e de comandante-em-chefe das Forças Armadas.

PRIMEIRO-MINISTRO: Vladimir Gurgenidze. Líder do Governo, o premiê responde diretamente ao presidente.

LEGISLATIVO: Parlamento unicameral, eleito por um período de quatro anos. Segundo emenda constitucional aprovada no início de 2007, a partir das eleições de amanhã reduzirá seu número de membros de 235 para 150.

A Carta Magna do país contempla a possibilidade de um Parlamento bicameral caso seja restabelecida a integridade territorial georgiana, hoje questionada pelo separatismo das regiões da Abkházia e da Ossétia do Sul.

JUDICIÁRIO: As máximas instâncias são a Corte Suprema e o Tribunal Constitucional.

PARTIDOS POLÍTICOS: Movimento Nacional Unido, Oposição Unificada (coalizão de nove legendas), Partido Republicano, Partido Trabalhista, Movimento Democrata Cristão.

FORÇAS ARMADAS: 32 mil oficiais (Exército, Marinha, Aeronáutica e Guarda Nacional).

MOEDA: Lari.

PIB: US$ 5,301 bilhões.

INFLAÇÃO: 9,2% (2007).

BALANÇA COMERCIAL: US$ 1,667 bilhão em exportações e 3,686 bilhões em importações, segundo dados de 2007.

HISTÓRIA E EVOLUÇÃO POLÍTICA: Até sua incorporação à antiga União Soviética, em 1936, a Geórgia possuía um Governo autônomo. A herança stalinista provocou na Geórgia mais de 500 mil mortes e 130 mil deportações. O país mantém litígios territoriais com a separatista Abkházia e a Ossétia do Sul, que deseja uma reunificação com a Ossétia do Norte (integrante da Federação Russa).

No passado, também foi problemática a autonomia da Adjária, região de 3 mil quilômetros quadrados ao sul do rio Rioni. Foi anunciado em 2004 um acordo para acabar com o conflito que levava o país à beira de uma guerra com Adjária, depois de tensas negociações de Tbilisi com o líder local, Aslan Abashidze.

A Geórgia proclamou sua independência em 9 de abril de 1991, e integra a Comunidade dos Estados Independentes (CEI) desde 1993 e o Conselho da Europa desde 1999. EFE doc/fr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG