Dados básicos sobre a Alemanha

Berlim, 26 set (EFE).- A Alemanha, que amanhã realiza eleições legislativas, é o país mais povoado da União Européia (UE), com 82,2 milhões de habitantes e uma extensão de 357.

EFE |

000 quilômetros quadrados.

Dados básicos sobre o país:.

Capital: Berlim.

Situação geográfica: A República Federal da Alemanha (Alemanha) está localizada no coração da Europa. Além de fazer fronteira com Dinamarca, Suíça, Áustria, Holanda, Bélgica, Luxemburgo, França, República Tcheca e Polônia, o país tem saída para o Mar do Norte e o Mar Báltico.

Idioma: alemão.

Moeda: euro.

Chefe de Estado: o presidente da República, o social-democrata Horst Köhler, desde 2004.

Chefe de Governo (chanceler): Angela Merkel (União Democrata-Cristã, CDU), desde 2005.

Vice-chanceler e ministro das Relações Exteriores: Frank-Walter Steinmeier (Partido Social-Democrata, SPD), desde 2005.

Forma de Governo: República parlamentarista. Continua em vigor a Constituição de 1949 - a chamada Lei Fundamental -, criada para a República Federal estabelecida nas antigas áreas de ocupação americana, britânica e francesa. Em virtude do Tratado de Unificação, vigente desde 3 de outubro de 1990, a República Democrática da Alemanha (RDA) se integrou à República Federal.

A Alemanha tem um sistema parlamentar bicameral: a Assembléia Federal (Bundestag) - 601 deputados eleitos por voto universal para um mandato de quatro anos - e o Conselho Federal (Bundesrat) - 68 representantes dos 16 estados federados ("landers").

O Poder Executivo é liderado pelo chanceler, que, por sua vez, é eleito pela maioria absoluta da Assembléia Federal a cada quatro anos. Se em três rodadas de votação um candidato não consegue a maioria absoluta, na próxima ele é eleito por maioria simples.

O presidente é escolhido para um mandato de cinco anos pela Assembleia Federal (Bundesversammlung), que se reúne com este único propósito e é constituída pelos deputados do Bundestag mais um número idêntico de representantes designados pelos 16 estados federados.

Principais partidos políticos: O Partido Social-Democrata (SPD), mais antigo dos partidos alemães, recuperou o poder em 1998 e estabeleceu uma aliança de Governo com a Aliança 90/Verdes. Em 2005, a União Democrata-Cristã (CDU), liderada por Angela Merkel, e a União Social-Cristã (CSU), dirigida por Horst Seehofer, se aliam com o SPD numa grande coalizão de Governo.

Outros partidos importantes são o Partido Liberal (FDP) - ex-aliado de Governos tanto de direita como de esquerda - e o partido A Esquerda. Este último surgiu em 2005, da fusão do pós-comunista Partido do Socialismo Democrático (PDS) com social-democratas dissidentes, e tem como um de seus dois líderes o ex-presidente do SPD, Oskar Lafontaine.

Religião: Protestantes (42%), católicos (35%) e agnósticos (3,7%).

História: O tratado de Postdam, assinado em 1945 após a derrota do Terceiro Reich, sentenciou a Alemanha a viver dividida.

Na área ocupada pelos Exércitos de EUA, França e Reino Unido, nasceu em 1949 a República Federal da Alemanha. Na região controlada pelas tropas soviéticas, foi erguida a República Democrática Alemã.

A divisão durou 40 anos, até a queda do muro de Berlim - que a RDA tinha construído no meio da cidade e que foi o maior símbolo da Guerra Fria -, em 9 de novembro de 1989. Em 3 de outubro de 1990, a reunificação foi oficialmente instituída.

A Alemanha faz parte do primeiro grupo de 12 países que adotaram o euro. Desde 2000, a Alemanha é governada de Berlim, para onde Governo e Parlamento foram transferidos - durante os primeiros 50 anos de República Federal, os dois tiveram sua sede em Bonn.

Produto Interno Bruto (PIB): US$ 2,9 trilhões (2006). Renda per capita: 30.300 euros (2008). Principais produtos da pauta de exportação: automóveis, autopeças, maquinaria, produtos químicos e aparelhos elétricos.

Desemprego: 7,2% (2008).

Inflação: 2,8% (2008). EFE mlg/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG