Cúpula militar equatoriana renuncia após substituição do ministro da Defesa

Quito, 9 abr (EFE).- O chefe do Comando Conjunto das Forças Armadas do Equador, general Héctor Camacho, e os comandantes do Exército, da Força Aérea e da Marinha colocaram hoje seus cargos à disposição do presidente Rafael Correa, após a saída do ministro da Defesa, Wellington Sandoval.

EFE |

Camacho anunciou a renúncia dos quatro máximos comandantes militares equatorianos ao término do ato no qual Javier Ponce, até então secretário particular de Correa, tomou posse como novo titular da Defesa, em substituição a Sandoval. EFE cho/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG