Cúpula internacional: Sarkozy se felicita com o anúncio da Casa Branca

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, felicitou-se hoje com o anúncio feito pela Casa Branca de realizar, no dia 15 de novembro, nos Estados Unidos, uma cúpula internacional sobre a crise financeira mundial, com a participação dos países emergentes do G-20.

AFP |

Em comunicado divulgado pelo palácio do Eliseu, o presidente francês "saúda o anúncio feito pela Casa Branca da reunião com os principais países e instituições afetados pela crise financeira".

Sarkozy, "que havia lançado a idéia deste encontro em seu pronunciamento na Assembléia Geral das Nações Unidas de 23 de setembro passado, conversou em detalhes sobre o assunto com o presidente americano George W. Bush, por ocasião de sua visita a Camp David de 18 de outubro, em companhia do presidente da Comissão Européia", José Manuel Barroso, lembra o Eliseu.

"Esta primeira cúpula será seguida de várias outras a fim de refundar o sistema financeiro internacional e, através de melhor regulação e vigilância mais eficaz de todos os operadores, assegurar que a crise atual não mais se repita", diz ainda a presidência francesa.

Segundo nota divulgada hoje pela Casa Branca, "durante o encontro, os líderes vão rever os progressos realizados para enfrentar a situação atual, analisando suas causas, além de acertar um princípio comum para reformar os regimes regulatórios e institucionais dos setores financeiros do mundo".

O G-20 reúne os países do G-7 (Alemanha, Canadá, França, Itália, Japão, Reino Unido) mais África do Sul, Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Brasil, China, Coréia do Sul, Índia, Indonésia, México, Rússia e Turquia.

npk/tmo/sd

    Leia tudo sobre: crise financeira

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG