Cúpula do Golfo pede o fim dos ataques israelenses em Gaza

Os chefes de Estado das monarquias ricas em petróleo do Golfo pediram nesta terça-feira o fim dos ataques israelenses na Faixa de Gaza e uma proteção internacional do povo palestino, ao final da cúpula anual realizada em Mascate.

AFP |

"A comunidade internacional deve assumir plenamente as responsabilidades e agir de forma urgente para fazer cessar os massacres e as agressões praticadas pela máquina de guerra israelense, assegurando a proteção necessária ao povo palestino", segundo o comunicado final.

Expressando sua "profunda inquietação face à flagrante agressão israelense contra o povo palestino", os chefes de Estado do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG) pressionam o Estado hebreu a "levantar o bloqueio iníquo imposto a todos os territórios palestinos, aí compreendida a Faixa de Gaza".

Apelam, além disso, as facções palestinas a restaurar "sua unidade nacional".

Pelo menos 363 palestinos, em maioria membros do movimento islamita Hamas, foram mortos e 1.700 ficaram feridos nos bombardeios israelenses desde sábado. Dezenas de civis estão entre os mortos.

tm/vl/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG