Cúpula do G8 na Itália será ampliada a países emergentes, segundo Berlusconi

O chefe de governo italiano, Silvio Berlusconi, cujo país presidirá o G8 em 2009, prometeu uma nova fórmula para o próximo encontro do grupo, que incluirá os emergentes do G5, no segundo dia da reunião, e os países africanos, Austrália e Indonésia, no terceiro dia.

AFP |

Ao apresentar hoje o emblema da Cúpula do G8, prevista para a pequena ilha de Maddalena, na Sardenha, em uma data ainda não decidida, Berlusconi destacou que apenas o primeiro dia da Cúpula será dedicado às grandes potências do G8.

Segundo esta "nova fórmula", durante o segundo dia da Cúpula estarão presentes os países do G5, integrado pelas cinco principais economias emergentes - Brasil, México, China, Índia e África do Sul - enquanto o terceiro dia do encontro será ampliado ao continente africano, Indonésia e Austrália.

kd/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG