Cúpula de Estados balcânicos termina com declaração final que menciona Kosovo

Sofia, 21 mai (EFE).- O debate sobre a independência de Kosovo foi o ponto mais conflituoso da cúpula de chefes de Estado e de Governo balcânicos do Processo de Cooperação do Sudeste Europeu (SEECP, em inglês), que terminou hoje na Bulgária com uma declaração final de compromissos.

EFE |

Nas conclusões do documento de seis páginas, há apenas uma referência ao novo país, que proclamou unilateralmente sua independência em 17 de fevereiro, que diz que "todos os participantes levam em consideração as diferentes posições sobre o tema do Kosovo".

O conflito no fórum, realizado hoje no balneário búlgaro de Pomorie, aconteceu entre as delegações da Albânia e da Sérvia sobre a discussão sobre a necessidade de a ex-província sérvia ser mencionada na declaração.

Fontes do Ministério de Relações Exteriores búlgaro disseram à Agência Efe que a delegação da Sérvia já tinha assinado o texto de declaração antes de informar que abandonaria a reunião.

"Corremos o risco de não haver nenhuma declaração. Há linhas de separação entre os países balcânicos, já que alguns reconhecem a independência do Kosovo e outros se negam categoricamente a fazê-lo", disse à imprensa o primeiro-ministro búlgaro, Serguei Stanishev.

No entanto, o fato de a declaração ter sido assinada por todas as delegações mostra "uma vontade política de diálogo e cooperação apesar das diferenças", segundo Stanishev, anfitrião da cúpula regional. EFE vp/wr/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG