Cultivo de coca na Colômbia cresceu 27% em 2007, diz ONU

Um novo levantamento divulgado nesta quarta-feira pela ONU indica que a área usada para produção de coca na Colômbia aumentou 27% no ano passado em relação a 2006, apesar dos esforços do país para diminuir a produção. Segundo o documento Andean Coca Survey 2007 (Pesquisa sobre a Coca nos Andes 2007, em tradução livre), o país liderou o aumento da área cultivada no conjunto de países pesquisados, que inclui a Bolívia e o Peru.

BBC Brasil |

Nesses dois países, a ONU constatou aumentos de, respectivamente, 5% e 4%.

"O aumento do cultivo de coca na Colômbia é uma surpresa e um choque: uma surpresa porque vem em um momento em que o governo colombiano está dedicando tanto esforço para erradicar a coca; um choque por causa da magnitude do cultivo", disse o diretor-executivo do Escritório das Nações Unidas para Drogas e Crime (UNODC, na sigla em inglês), Antonio Maria Costa.

Investimento
O levantamento da ONU também revelou que quase metade da produção de cocaína na região e um terço do cultivo foram registrados em apenas dez dos 195 municípios colombianos.

"Como no Afeganistão, onde a maioria do ópio é produzido em províncias com uma grande presença do Talebã, a maior parte da coca na Colômbia é cultivada em áreas controladas por insurgentes", disse Costa.

O diretor-executivo afirmou que o documento ressalta a necessidade de mais investimentos em programas que ofereçam alternativas de sustento para comunidades que sobrevivem da coca.

Essa necessidade ficou clara, por exemplo, na Bolívia - onde o cultivo aumentou em regiões que tiveram pouco investimento em desenvolvimento.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG