O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou nesta sexta-feira que o país coloca a segurança em risco quando compromete seus valores, buscando com seu discurso apoio para estabelecer um novo marco legal para administrar as políticas antiterroristas.

Obama aproveitou uma cerimônia de formatura da Academia Naval para afirmar que a fundação dos ideais americanas deverá guiar as futuras batalhas contra o terrorismo, um dia depois de tentar acalmar um debate violento sobre a prisão de Guantánamo (Cuba).

"Nós cuidamos de nossos princípios fundamentais e valores não apenas porque escolhemos, mas porque assim prometemos, e não porque parecem bons, e sim porque eles nos mantêm seguros", declarou diante de 30.000 cadetes da Marinha e seus familiares.

"Quando os Estados Unidos se afastam de seus valores, não apenas minam o funcionamento das leis, isto também nos afasta de nossos aliados, fortalece nossos inimigos e coloca em perigo nossa segurança nacional e a vida de nossos soldados".

Obama advertiu ainda que os recém-graduados enfrentarão um amplo espectro de ameaças, desde a pirataria como existia no século 18 até o ciberterrorismo.

col/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.