Cubanos recebem complexo homeopático para aumentar defesas contra gripe

Havana, 9 jan (EFE).- O ministério da Saúde de Cuba está aplicando em todos os cidadãos um complexo homeopático produzido na ilha contra a gripe A e doenças respiratórias em geral, para estimular a resposta imunológica da população.

EFE |

O produto, cujo nome comercial é NoDegrip, é elaborado nos laboratórios do Instituto Finlay de Cuba e indicado como tratamento preventivo contra a dengue, a gripe epidêmica e outras doenças virais, segundo o prospecto ao qual a Agência Efe teve acesso hoje.

Acrescenta que o uso de NoDegrip pode ser "altamente efetivo em condições de alto risco epidêmico".

Em sua elaboração são misturadas substâncias homeopáticas e componentes da vacina contra a gripe estacional.

As autoridades cubanas ordenaram a administração do produto a toda a população, mediante os consultórios médicos de atendimento básico que ficam em cada bairro e povoado do país.

Durante três dias seguidos os cubanos vão ao consultório, cada um com sua própria colher, para receber uma dose de cinco gotas, que voltam a ser administradas após uma semana para completar o efeito preventivo.

Embora a dose só tenha qualidades homeopáticas, popularmente muitas pessoas recebem por assim dizer uma "vacina" contra a gripe A e divulgam a notícia para que ninguém fique sem ser "vacinado". EFE arj/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG