Dissidência considera mudanças em Cuba positivas, mas tardias" / Dissidência considera mudanças em Cuba positivas, mas tardias" /

Cubanos começam a aproveitar a vida de turista na própria ilha

VARADERO - Alguns cubanos correram no fim de semana ao famoso balneário de Varadero, para aproveitar as praias, os hotéis luxuosos e até os carros de aluguel, uma semana depois que o presidente Rául Castro liberou o turismo nacional. http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2008/04/07/dissidencia_moderada_considera_as_mudancas_em_cuba_positivas_mas_tardias_1261659.htmlDissidência considera mudanças em Cuba positivas, mas tardias

Reuters |

EFE

EFE

Após liberação do turismo, cubanas aproveitam e tiram fotos em Varadero

A reabertura dos hotéis, que eram exclusivos para estrangeiros desde o começo da década de 1990, fez crescer as expectativas de melhora de vida entre os cubanos, apesar de ser somente um sonho para a maioria da população, cuja média salarial é de 17 dólares por mês.

'(O cubano) talvez se dedique um dia a trabalhar e a poupar, como era antes, não para vir todos os dias, nem todas as semanas, mas já existe a possibilidade (de vir)', disse Pedro, cubano que passou o fim de semana no hotel Melía Las Américas, em Varadero, a aproximadamente 130 quilômetros a oeste de Havana.

Ao suceder o irmão Fidel Castro, doente, em fevereiro, Raúl prometeu suspender o 'excesso de proibições' vigentes na ilha.

Para muitos, a medida tem um forte impacto 'psicológico e político', segundo afirmam alguns analistas.

Pedro, que foi convidado pelo genro que emigrou há oito anos para os Estados Unidos e visitava a família em Cuba, confessou que seu dinheiro é pouco para hospedar-se em um hotel onde a pernoite custa 210 dólares, com tudo incluso.

'Veja, essa é a medida que mais satisfaz às inquietudes e problemas políticos que sempre pesaram contra Cuba no exterior', disse Pedro, que preferiu não dar o sobrenome ou outros detalhes pessoais.

Também nas últimas semanas, Raúl Castro autorizou a venda de eletrodomésticos como aparelhos de DVD, panelas elétricas e motos chinesas. Os cubanos agora também podem comprar linhas de telefonia móvel.

As mudanças na ilha até agora:

Leia mais sobre: Cuba

    Leia tudo sobre: cuba

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG