Cubano acha pedaço de vidro no olho depois de 30 anos

Havana, 23 dez (EFE).- Um cubano viveu 30 anos sem saber que tinha um pedaço de vidro de 1,3 centímetro de comprimento em um de seu olhos, informou hoje o jornal Juventud Rebelde.

EFE |

Segundo a publicação, o caco só foi tirado há quatro meses, depois que Luis Aguilera, de 63 anos, foi a um oftalmologista reclamar de um incômodo que sentia na vista esquerda toda vez que lavava o rosto ou coçava o olho.

O pedaço de vidro, de 3 milímetros de largura e que estava alojado entre a pálpebra e o globo ocular, foi tirado durante uma pequena cirurgia.

Segundo os cirurgiões, é provável que o vidro tenha entrado no olho de Agulera após um acidente de trânsito.

O cubano, que durante décadas trabalhou como motorista profissional, se envolveu em uma colisão há três décadas.

"Bati contra uma árvore e o párabrisas se desmanchou em cima de mim. Mas só sofri contusões no corpo e me recuperei perfeitamente.

Jamais tive problemas nos olhos", disse Aguilera. EFE arj/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG