Cuba reconhece 144 casos da gripe

Havana, 13 jul (EFE).- As autoridades cubanas reconheceram hoje que foram confirmados na ilha até agora 144 casos de gripe suína, incluindo 51 crianças, e que 112 já receberam alta médica.

EFE |

Um comunicado do Ministério da Saúde cubano divulgado pela imprensa oficial detalha que foram analisados nos últimos meses mais de 3 mil casos suspeitos, a maioria detectados em aeroportos, e destaca que não há nenhuma morte em Cuba por causa da doença.

Segundo o boletim, foi comprovada a infecção do vírus A (H1N1) em 40 estrangeiros e em 44 cubanos que moram em outros países ou viajaram ao exterior, e os outros foram contagiados na ilha.

Essa é a primeira informação oficial divulgada sobre a gripe suína em Cuba desde 26 de junho, quando se detalhou que, em uma semana, os casos confirmados triplicaram, ao passar de 15 para 46.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE am/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG