Cuba recebe 20 mil toneladas de alimentos doados pelo Brasil

Havana, 14 mar (EFE).- Estivadores do porto de Havana começaram hoje a descarregar um navio espanhol com cerca de 20 mil toneladas de alimentos enviados pelo Brasil para os desabrigados dos três furacões que castigaram Cuba no ano passado.

EFE |

Fontes diplomáticas espanholas informaram à Agência Efe que a operação para descarregar a ajuda começou pela manhã (local), depois de a embarcação chegar a Havana na noite do domingo, com 19.400 toneladas de arroz, 405 toneladas de leite em pó e 4 toneladas de sementes de frutas, verduras e leguminosas.

A operação foi ordenada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente do Governo espanhol, José Luís Rodríguez Zapatero, durante a 18ª Cúpula Ibero-Americana, em El Salvador.

"Já estão fazendo as primeiras operações. Pouco mais da metade da carga, cerca de 60%, ficará em Havana, e o restante será descarregado em Santiago de Cuba dentro de cinco ou seis dias", explicou à Efe Juan Diego Ruiz, coordenador na ilha da Agência de Cooperação Espanhola (AECID).

O funcionário indicou que os alimentos que descarregados na capital irão para as regiões mais castigadas do oeste da ilha.

O Brasil doou os alimentos e a Espanha contribui com o transporte a Cuba, além do armazenamento e a distribuição.

A doação feita pelo Brasil está avaliada em US$ 12,5 milhões.

Os furacões "Ike", "Gustav" e "Paloma", que castigaram Cuba entre o fim de agosto e o começo de novembro de 2008, deixaram meio milhão de casas danificadas ou destruídas, milhares de hectares de cultivos arrasados e danos nas infraestruturas de comunicação e saneamento.

No total, causaram perdas de mais de US$ 10 bilhões, de acordo com cálculos oficiais. EFE jlp/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG